Estamos na véspera de uma grande mudança de energia organizadora das nossas vidas, com uma viragem nos limites e responsabilidades que, a partir de amanhã, e nos próximos dois anos passam a ter por foco as estruturas em que nos apoiamos, física, material, política e espiritualmente. Saturno passa hoje o seu último dia no signo do Sagitário depois de um trânsito de dois anos em que o esforço foi o de arrumar ideais, sofrendo as consequências dos actos mal pensados. Agora que entra em Capricórnio, signo que naturalmente rege, está em casa para que que fechemos de vez o ciclo que abrimos em 1989, quando pela última vez entrou em Capricórnio.  Que ordem , que aplicação, que responsabilidade queremos e temos de assumir ao pôr em prática as ideias que temos vindo a arrumar? É já a partir de amanhã, que essa nova fase de organização de vida se vai desenvolver e, com a Lua hoje em Capricórnio, damos os primeiros passos ansiosos, ambicionando essa nova ordem, essa ruptura com a ordem passada, ainda mais clara entre hoje e amanhã com a conjunção da Lua a Plutão no signo em que Saturno vai entrar. Com Vénus em Sagitário em trígono a Urano em Carneiro e Mercúrio também em Sagitário em trígono ao Nódulo Norte em Leão, está na hora de projectarmos o nosso desejo de ir mais longe, mais fiéis a nossa própria verdade, com toda a força para alimentar esse processo de transformação graças a Marte e Júpiter em Escorpião.  Não podemos ficar no mesmo sítio, dentro dos mesmos compartimentos estanques. Há que ir com todos os aspectos do ser alinhados na mesma direcção e é isso que dá origem a uma nova forma de estar.

Anúncios