É pelas seis e meia da manhã, GMT, que a Lua Nova de Sagitário nos encoraja a apontar o caminho que queremos seguir em 2018, uma via individual, criativa, baseada em ideias bem arrumadas que vamos poder começar a concretizar dentro de três dias, a 21, quando o Sol passar para Capricórnio, no Solstício de Inverno, este ano conjunto a Saturno que entra neste signo na véspera do Solstício para aqui ficar até ao final de 2020. Não podemos por isso separar o simbolismo desta Lua Nova do que mais ocorre esta semana, nomeadamente  o ingresso de Saturno e do  Sol  no signo da ordem, do eterno retorno, das estruturas e poder de organização pessoal e colectiva e, no sábado 23, o fim da retrogradação de Mercúrio ainda em Sagitário.

O que fazer com esta informação:  os sinais mais claros são os de que é de facto o tempo de pensar o que queremos a longo prazo e qual é a verdade que nos move pela qual nos estamos dispostos a bater e que nos permite evoluir com um novo controlo dos instintos ou pulsões, a favor de um pensamento articulado e previdente… Estamos há dois anos com Saturno em Sagitário a sentir os limites de uma expansão pouco estruturada, o esforço de articular projectos, de desenvolver conhecimentos, as restrições a migrações e barreiras ao crescimento, tudo a exigir um plano sério, bem pensado, com perspectivas a longo prazo e é nisso que temos trabalhado desde 2015. Agora, mesmo na véspera de Saturno ingressar em Capricórnio, signo que naturalmente rege, temos a sua extraordinária conjunção com o Sol e com a Lua, mas também ainda na órbita de uma conjunção a Vénus. Os outros sinais a considerar são o trígono de Mercúrio em Sagitário ao Nódulo Norte em Leão e o seu semi-sextil a Júpiter em Escorpião e o trígono do stelium da Lua Nova e Saturno a Urano em Carneiro. Não há que enganar, estamos a pensar diferente, vamos apostar em pensar diferente, mas num projecto sério, que corresponda ao que somos, no que acreditamos, a onde queremos chegar.  Chegamos aqui depois de dois anos de depuramento do nosso projecto pessoal, estamos prontos para, a partir dos próximos dias, pormos de pé o que agora temos a certeza que tem de ser. Júpiter regente do Sagitário em sextil a Plutão em Capricórnio abre-nos a possibilidade de mudar a ordem das coisas, libertos que estamos de velhas amarras, mais em controlo, mais fortes, mais seguros do que vamos levar por diante de corpo, mente e alma. Está na altura de apostar em grande no que desejamos que venha a ser o nosso futuro pessoal e colectivo.

jhg

 

Anúncios