Desejamos ardentemente reorganizar a vida, a casa, as estruturas ou instituições e estamos empenhados seriamente em respeitar e valorizar esses objectivos. Desde o início da semana que tudo se conjuga para dar novas bases e nova forma ao que nos enquadra, agora e para o futuro e hoje e amanhã, com a presença da Lua em Escorpião, conjunta a Júpiter e a Marte e em sextil a Plutão, Sol e Vénus em Capricórnio, o foco está  no controlo que temos desse processo de transformação profunda das estruturas que partilhamos, em família, financeira ou politicamente. Podemos desejar o que não temos em termos emocionais ou materiais, sentir visceralmente a pulsão de controlo do que parece fugir por entre os dedos mas os bons aspectos dos planetas em Escorpião aos planetas em Capricórnio dão-nos a oportunidade de segurar as questões mais difíceis desde que estejamos também prontos a separar águas e eliminar pesos das opções. Essa libertação de situações, amarras ou sistemas que já não servem propósito algum vai mesmo acontecer nos próximos dias quando Sol e Vénus fizerem quadratura a Urano em Carneiro por isso é bom desde hoje definir os processos que queremos controlar e onde queremos abrir mão. A contribuir para esta lógica de evolução temos a partir de amanhã Mercúrio a transitar o Capricórnio o que vai permitir passar do debate de ideias à contabilidade da sua concretização.

 

Anúncios