Tanto sábado como domingo devemos abrir-nos a novas perspectivas, pensar em viajar, aprender, quais os projectos que gostaríamos de desenvolver ou onde melhor investir. Temos nos Céus todos os aliados para ir mais longe com a Lua todo o fim-de-semana em Sagitário que nos leva a encarar com optimismo as possibilidades de evolução, Júpiter seu regente e Marte em Escorpião a darem a força e determinação para mudar o que tem de ser mudado, em sextil a Plutão, Sol e Vénus em Capricórnio que dão nova forma ou trazem a nova ordem ambicionada resultado dos esforços de transformação de situações estagnadas em que dependemos do poder de outrém, seja física, material, financeira ou emocionalmente.  No domingo a Lua faz trígono a Urano em Carneiro e podemos dizer adeus ou libertarmo-nos de amarras sem grande esforço depois do trígono da Lua ao Nódulo Norte em Leão do sábado que nos encoraja a ser quem somos e a agir individualmente. No domingo à noite  a Lua entra em Capricórnio, faz conjunção na Saturno e a Mercúrio e prepara-nos para a Lua Nova de dia 17, Quarta-feira em que podemos desenvolver os alicerces do que projectamos fazer, organizar ou controlar a longo prazo. Por isso é bom planear este fim-de-semana para começar a concretizar na Lua Nova de Capricórnio, a 17.

Tela de Piotr Frolov, 1908

Anúncios