Estamos a lidar com questões práticas, tratamos da saúde, do serviço, das contas, da organização de algo que nos move, mas também há sonho no ar. E pode ser até o desejo de atingir um ideal que nos torne ainda mais aplicados nos processos concretos para fazer mudanças fundas na ordem das coisas.  Nisto se passa o dia, com a meticulosa Lua em Virgem em oposição à inspiração de Neptuno em Peixes, em trígono ao Plutão em Capricórnio das revoluções estruturais. A ajudar a propagar o impacto do que temos em mão, um sextil de Mercúrio em Aquário a Marte em Sagitário dá-nos a oportunidade de explicar aos outros o que nos move. Certamente que com esse aspecto queremos ir mais longe, ver mundo ou salvar o mundo mas para isso temos de sair da nossa zona de conforto com Vénus e Sol em Aquário opostos ao Nódulo Norte em Leão. O sextil que perdura entre Plutão e Júpiter dá-nos força para mover montanhas, mas não de repente, pedra a pedra, com a ajuda hoje da Lua em Virgem e no fim-de-semana com os apoios que encontrarmos.

Tela de Vermeer:A Bordadeira

Anúncios