O fim de semana pode ser de frustração a menos que se torne num exercício de auto-disciplina…Tanto sábado como domingo a Lua está em Capricórnio em conjunção a Saturno, ambos em quadratura a Mercúrio e Vénus em Carneiro, aspectos que potenciam a necessidade de controlo das emoções, desejos e dizeres. No domingo, um trígono de Marte em Sagitário a Urano em Carneiro e um sextil do Sol em Peixes a Plutão em Capricórnio, com a Lua a afastar-se de Saturno, permitem dar algum sentido aos limites e responsabilidades sentidos no sábado: as ideias que nos movem podem ser postas em prática de forma original, podemos inovar e tentar fazer de modo diferente o que  não correu bem ou ficou por fazer nos últimos meses e assim reformular as estruturas ou ordem de vida em que estamos inseridos e para as quais ambicionamos atingir níveis ideais.

As correcções de rumo chegam na segunda-feira quando a Lua fizer conjunção a Plutão e quadratura a Urano.É por isso útil aproveitar o fim de semana para olhar com seriedade para onde queremos chegar e como para que segunda as arestas a limar sejam menores e possamos atingir um novo patamar de transformação e liberdade de projecção.

Imagem: “Stone Part One” – Tommy Ingberg

Anúncios