Somos ou  não donos das situações? Controlamos ou não  as relações, os investimentos, a organização das coisas?  E perante hipóteses variadas, como reagir? O confronto com as consequências do que se desejou é hoje inevitável e vai contribuir para a revisão de objectivos desde ontem em curso mesmo que haja vários ângulos a ter em consideração. Vénus em Carneiro está hoje em quadratura a  Plutão em Capricórnio onde também se encontram Marte e Plutão,  sinais de que o desejo de mover montanhas tem ser melhor repensado para ser eficaz, enquanto como o fazer deve ser analisado criticamente nas suas diferentes vertentes, com a Lua em Gémeos em sextil a Mercúrio e a Vénus. Sol, Mercúrio, Vénus e Urano em Carneiro com Marte seu regente em Capricórnio implicam que tudo o que desejamos tenha de ter impactos estruturantes mas há que proceder com cuidados e paciência pela proximidade de Marte a Saturno em Capricórnio.  Há também a hipótese de alguma confusão, principalmente de manhã, quando a Lua fizer quadratura a Neptuno, mas são também horas em que o sonho tem de ser descodificado em múltiplas realidades a discernir.

Estamos a passar uma fase complexa e tumultuosa que nos dura até à Lua Nova em Carneiro no dia 16 de Abril e que coincide com o fim da retrogradação de Mercúrio em Carneiro que ontem começou. Há que ser flexível e aceitar rever objectivos, prontos para nos libertarmos mesmo de bens, relações, desejos determinados porque durante este período Vénus em Carneiro faz como hoje e amanhã quadratura a Plutão em Capricórnio, avançando para um conjunção a Urano também em Carneiro dia 28, exacerbando o conflito da Lua Cheia em Balança que se lhe segue, a 31, e a conjunção ao Sol de Mercúrio retrógrado a 1 de Abril, com Marte, regente do Carneiro -onde tudo se está a passar-  e Saturno conjuntos em Capricórnio.

Revisão, frustração, recuos, redirecionamento, libertação, mudança de planos, de relações, de investimentos, planeamento cuidado, perspectivar uma nova ordem, reformular poderes e a organização de vida, em casa, no trabalho, em sociedade são palavras chave neste período até à Lua Nova de Carneiro a 16 de Abril. Quando mais abrirmos mão de amarras rígidas maior será a compensação e a estabilidade que se lhe segue com entrada de Vénus em Touro e trânsitos de trígono a Saturno e Marte. Há que apanhar a onda e surfar até à praia…

 

 

Anúncios