Temos a oportunidade, pelo meio-dia GMT, de tratar de questões em detalhe mas o ambiente geral pode ser de tensão entre o desejo de simplicidade e eficácia e a vontade de fazer grandes inovações que não passem desapercebidas. É um sextil da Lua em Virgem ao Sol em Caranguejo que permite olhar para os pormenores que asseguram que tudo está como deve ser para nos sentirmos seguros enquanto um quincúncio entre Vénus em Virgem e Marte retrógrado em Aquário destapa diferenças de opinião entre parceiros para além de revelar os nossos próprios conflitos internos. Reduzir o nível de criticismo ajuda a equilibrar as coisas mais ainda porque um quincúncio de Mercúrio em Leão a Plutão em Capricórnio também nos leva a dizer o que devia ficar calado ou a dizer-lo de forma conflituosa. Escolher bem as palavras e assim mostrar que os padrões mudaram é a chave que nos é dada pelo semi-sextil de Urano em Touro a Quíron em Carneiro. Não há que sofrer mais já que estamos livres para agir de forma diferente porque os valores em que nos apoiávamos são agora outros, num encadeado de causas-efeitos no arranque dos quais está de facto uma nova visão do que deve ser valorizado.

Pelo final do dia a Lua entra em Balança e faz quadratura a Saturno em Capricórnio: procuramos o equilíbrio das relações, a paz, justiça, a estética mas para isso há que encaixar limites e responsabilidades..não será dado..

Tela de Gary Hume

 

Anúncios