Neste fim-de-semana são os prazeres simples e a satisfação prática que nos movem mas nem sempre aquilo que encontramos corresponde aquilo que somos ou queremos ter. Essa tensão vem no Sábado da  quadratura entre Lua em Touro e Sol em Leão e vai ser preciso esperar por Domingo para ter a satisfação do dever cumprido com a Lua em trígono a Plutão em Capricórnio a facilitar resultados transformadores. Mas apesar da teimosia da Lua este fim-de-semana, um trígono de Júpiter em Escorpião a Neptuno em Peixes abre-nos as portas para outras dimensões onde temos acesso ao que queremos mudar. Isso vai ser patente no sábado, pela tarde, quando a Lua fizer oposição a Júpiter e exagerarmos atitudes e exigências.  A tendência para o exagero está latente e o controlo pessoal é um requisito para não pagar caro as consequências, com o Sol em Leão até terça feira em quadratura a Júpiter em Escorpião, a trazer tanto de exuberância como de embaraço.

Anúncios