As emoções têm os maiores altos e baixos neste dia de revoluções, revelações e em que perder e ganhar ganham outro sentido. Sarar, melhorar, transformar, mudar de vida são verbos para dimensões em que nada pode ser superficial. Sexo, dinheiro, poder, morte e renascimento, todas as áreas em que se nos viram as entranhas com a intensidade emocional que suscitam, estão hoje exacerbadas com a conjunção da Lua a Júpiter em Escorpião, em trígono a Neptuno em Peixes -que simboliza o ideal a atingir – e em sextil a Plutão em Capricórnio que simboliza a oportunidade de conseguir mudanças de fundo nas estruturas de vida. O Sol em Leão a avançar para um trígono a Saturno em Capricórnio promete estabilidade entre o ser e o estar mas Vénus em Balança a avançar para uma quadratura a Plutão em Capricórnio diz-nos que é preciso criar novo equilíbrio nas relações. O que vivenciarmos hoje com a Lua conjunta a Júpiter em sextil a Plutão já nos dá informação sobre onde vamos ter de abrir mão e o que podemos conquistar na Lua Cheia de 27 quando Vénus fizer o aspecto exacto a Plutão.

Fotografia de Martin Munkacsi

Anúncios