O que interiorizarmos durante o dia vamos querer exprimir a partir do anoitecer, daí a importância de reflectir ao longo da manhã e tarde sobre como idealizamos transformar situações existentes enquanto a Lua estiver em Caranguejo e fizer trígono a Neptuno em Peixes e a Júpiter em Escorpião. É um grande trígono de Água em que as emoções ou sensibilidade se chocam com a lógica que devia  presidir à avaliação do estado das relações e acordos ou equiíbrios contratuais com a Lua em quadratura a Mercúrio em Balança, depois de ter feito quadratura ao Sol nesse mesmo signo de busca de justiça.

Estamos em vésperas de Vénus entrar retrógrada em Escorpião, do dia 5 de Outubro a 18 de Novembro e como Vénus rege a Balança onde se encontra o Sol e Mercúrio e o Touro onde está Urano, a mensagem é clara: estamos hoje a intuir o que queremos alterar profundamente sem deixar de nos sentir seguros, para o afirmarmos a partir desta noite com a Lua em Leão e para começar de seguida a re-avaliação da intimidade, dos valores, bens materiais, empréstimos, partilhas ou poderes que há que re-equilibrar, partindo de uma base inovadora e não para repetir modelos antigos de união. Há que reflectir sobre opções tomadas ou circunstancias forçosas que tenham alterado relações pessoais, financeiras ou políticas, no final de Agosto quando Vénus fez quadratura a Plutão. Este aspecto vai repetir-se no final de Outubro para novo ajuste e de hoje até lá já estamos a trabalhar para melhorar as condições.

Anúncios