Esta quinta-feira é um dia importante para mostrar que valemos, criativa e amorosamente, mesmo que isso implique não estarmos alinhados com os grupos/colectivo a que pertencemos. De facto estamos à procura de qualquer coisa nova, uma nova maneira de nos relacionarmos, novos acordos, novos valores a reger o equilíbrio entre que damos e o que recebemos e hoje soltamo-nos mais um pouco nesse percurso.  A Lua está em Leão onde faz conjunção ao Nódulo Norte e oposição a Marte em Aquário,depois de uma quadratura a Urano em Touro,seguida pela tarde a um sextil ao Sol em Balança,  num puzzle astral que nos leva a retratar um novo modelo de estar a dois ou em situações contratuais.  Vénus está já hoje estacionária em Escorpião onde entra amanhã retrógrada até 17 de Novembro, num complemento de informação para os trânsitos de hoje: vamos ter até meados do mês que vem um tempo dedicado a rever partilhas, empréstimos, heranças, orçamentos, dívidas, investimentos, relações íntimas e relações de poder, a nossa passionalidade no que respeita a questões de vida e de morte, tudo o que Vénus rege no signo em que temos de transcender o desejo para ser capazes de aceitar a verdade das coisas e a realidade das relações. Hoje começamos por dizer quem somos e  isso obriga a definir novos rumos porque suscita reacções e novas respostas, estímulos à revisão do que é partilhado. O quintil de Mercúrio a Saturno ajuda a dar forma ao que se pensa e a exprimir com solidez essa reflexão.

Fotografia: A. Rodchenko

Anúncios