Durante todo o dia a Lua permanece em Caranguejo e as nossas emoções permanecem também orientadas para assuntos íntimos, domésticos, familiares ou então de carácter nacional já que este signo representa também as nossas raízes. Apesar do desejo que tudo fique na mesma ou que não seja ameaçada a estabilidade emocional por muito precária que seja, o facto é que somos chamados a encontrar uma nova base de sustentação e a regenerar ideias, projeções e desejos, com Mercúrio, Júpiter, Sol e Vénus em Escorpião a porem todo o foco, energia e propósito nos processos de morte e renascimento, eliminação e restruturação da nossa organização e ligações na vida. De facto, estamos a preparar-nos hoje para, nos próximos dias, quarta e quinta, quando a Lua entrar em Leão em conjunção ao Nódulo Norte e em quadratura a Vénus e a Urano assumirmos novos valores, novas vestes, outra atitude no palco do quotidiano, o orgulho de sermos quem somos mesmo que isso implique uma revisão dos equílibrios de partilhas amorosas, materiais ou de controlos de poder. Vamos então poder mostrar o que valeu a pena preservar depois de ontem e hoje termos estado a depurar emoções, amarras, hábitos ou situações que precisavam de ser arejadas. O trabalho de hoje com o trígono da Lua a Júpiter e a Mercúrio, depois de se opor a Plutão é o de ir o mais longe possível  nessa “limpeza” e recriação da nossa solidez emocional, por nós, pela família pelo que for o nosso “ninho”.  Mas com Marte em Aquário quadrado a Júpiter e Mercúrio e quincúncio à Lua, é fundamental pensar antes de agir ou mesmo meditar antes de pensar..

Anúncios