A Lua cheia em Gémeos, oposta ao Sol e a Júpiter em Sagitário, na madrugada de hoje, anuncia  as tensões do dia entre o projecto que temos para a futuro e as diferentes possibilidades que se apresentam e sobre as quais estamos indecisos, enquanto repensamos os objectivos- isto porque Mercúrio regente dos Gémeos está retrógrado em Sagitário e recebe também hoje a oposição da Lua. Para complicar ainda mais o dia temos Marte em Peixes logo de manhã em quadratura ao trânsito da Lua, a receber a quadratura crescente do Sol que ficará exacta nos dias 1 e 2 de Dezembro, exactamente nos mesmos dias em que Vénus em Balança, agora também já em órbita, vai fazer oposição grau por grau a Urano em Carneiro.  Isto diz-nos  que o que hoje se está a estremar, de facto, só se traduz numa situação nova, clarificada, em torno dos primeiros dias de Dezembro.  Não temos por isso de nos sentir já hoje obrigados a tomar decisões ou a fazer gestos radicais, mesmo se o impulso estiver presente. A tensão existente tem de ser aproveitada como ponto de reflexão dos caminhos disponíveis e o que nos pode guiar nesse processo é a certeza de que o que procuramos e temos de encontrar é a segurança emocional, casa, família, tradição, nação, com o Nódulo Norte  em Caranguejo, regido pela Lua hoje em Gémeos. O difícil é não exagerar, exorbitar, confundir o previsível com o impossível de resolver e escolher as palavras certas para não bloquear acordos tarefa ameaçada pela semi-quadratura de Mercúrio a Vénus. É melhor para para estudar melhor as soluções.

j

 

Anúncios