A entrada do Sol hoje em Sagitário vem mudar o foco das atenções do controlo que temos de bens e relações para o projecto de futuro que queremos desenvolver, para a verdade ou filosofia de vida que nos pode guiar, para abrir horizontes e viajar com o corpo, mente e o espírito. Com este objectivo vem também a dificuldade de definir esse trajecto, essa verdade, afirmar as ideias que nos movem: afinal quais são ou onde queremos chegar? A sensação de falta de consistência e tensão entre o projecto  e a acção é acentuada pela quadratura do Sol, hoje e nos próximos dias, a Marte em Peixes e também pela retrogradação de Mercúrio em Sagitário, tudo empolado pela presença de Júpiter em conjunção a Sol e Mercúrio e naturalmente quadrado a Marte.  Este está em semi-quadratura a Plutão em Capricórnio o que contribui também para bloquear grandes transformações. Estamos assim cheios de Fogo mas a levar com baldes de Água e de Terra que nos impedem de progredir como desejado. Os avanços são feitos aos poucos conforme conseguirmos estabilizar valores, redefinir a base das relações e, não indo atrás das emoções imediatas, ter uma perspectiva prática a longo prazo dos processos em curso. Esta abordagem é hoje favorecida pelo trígono da Lua em Touro a Plutão em Capricórnio mas rapidamente vamos ter de encarar a tensão da Lua Cheia em Gémeos, na madrugada de amanhã, dia 23, pelas 05.40 GMT. Veja mais sobre a Lua Cheia da próxima madrugada no texto de segunda feira

 

Anúncios