É já amanhã de manhã, pelas 07.21 GMT que a Lua Nova em Sagitário nos vai encorajar a olhar para o futuro com uma perspectiva mais entusiasta, mais aberta e hoje começamos, também logo de manhã, a intuir o que de “grande” vamos poder projectar.  A Lua entra hoje em Sagitário onde começa por fazer conjunção a Júpiter antes de amanhã cedo abrir o novo ciclo quando se encontrar com o Sol, nesta lunação que é regida pelo maior dos planetas, Júpiter, que anuncia a ordem maior que deve ser o que de mais conscientemente verdadeiro queremos viver.Não há por isso tempo a perder. Temos até amanhã para fechar assuntos pendentes neste último dia de Mercúrio retrógrado em Escorpião e também, em simultâneo, pela conjunção da Lua a Júpiter começar a visualizar as possibilidades que gostaríamos de expandir.  Por um lado fechamos, por outro lado entreabrimos portas, separando o passado do futuro, com a passionalidade que Vénus em Escorpião confere mas em simultâneo com a volatilidade conferida pela conjunção de Marte, seu regente em trânsito em Peixes conjunto a Neptuno, ambos quadrados ao Sol em Sagitário e à Lua Nova de amanhã….

Estamos assim a percorrer hoje os assuntos que faltavam rever para poder dar novo rumo às ideias a partir de amanhã. Pode ser que seja ainda pouco claro como vamos traduzir tudo em acção já que parece que tudo por enquanto se dilui em possibilidades e confusões mas é preciso algum optimismo e abertura e a consciência de que o caminho certo serás aquele que nos traz segurança emocional, doméstica, nacional e para qual temos de estar atentos e responder de forma lógica a sentimentos profundos, naturalmente purificados pela retrogradação de Mercúrio e pelo seu quincúncio a Urano e trígono ao Nódulo Norte em Caranguejo. Queremos mais controlo das nossas vidas, individual e colectivamente  mais segurança e isso tem de passar por um novo projecto de vida, de sociedade.

Anúncios