Hoje as comunicações são mais importantes do que habitualmente e certas revelações podem fazer-nos dar verdadeiras cambalhotas às quais teremos de responder com a maior calma possível. A Lua está tal como ontem em Gémeos e estimula curiosidade, aquisições e trocas de informação, hoje tingidas pelo romantismo de São Valentim que se manifesta na quadratura da Lua a Neptuno, quadrado a Júpiter e oposto à Lua, aspectos que facilitam as trocas emocionais mas que dificultam uma perspectiva clara do que está em jogo. A complicar as coisas temos Mercúrio, regente da Lua, em Peixes que Neptuno e Júpiter regem, em semi-quadratura a Plutão em Capricórnio que exacerba as dinâmicas de poder e controlo no que se diz, mesmo que seja só uma conversa cor-de-rosa. Há que não ir atrás de manipulações poéticas ou cruas e não pintar a manta para se atingir objectivos menos luminosos, face a situações desconhecidas que queremos controlar. O que muda tudo é que Marte entra em Touro e vamos estar a defender o terreno, teimosamente, sem pressas de forma a termos a oportunidade de reformular o nosso lugar no mundo, pelo sextil que faz ao Sol em Aquário.