Tudo se agita em vésperas da Lua Cheia em Escorpião, com a intensidade emocional a subir de tom não só pela polarização entre o que deve ser estável e o que tem de mudar, o que controlamos e o que não controlamos – que vem da oposição entre o Sol em Touro e a Lua em Escorpião- como da conjunção de Vénus a Urano, no signo que ela rege e que implica a súbita mudança de valores, investimentos, seguranças.  Apesar da Lua Cheia ser amanhã, hoje já a Lua está em Escorpião  e antes de fazer oposição ao Sol faz já hoje pela manhã oposição a Vénus e a Urano, numa abertura do jogo que se vai desenrolar até ao clímax da noite de sábado. Marte em Caranguejo hoje de manhã em trígono  à Lua e sextil a Vénus e a Urano aponta ser na área das questões domésticas, familiares, imobiliárias, nacionais ou da defesa do que nos é íntimo que tudo se vai jogar neste fim-de-semana. Vai haver tensões e opções e a cabeça fria e sentido prático devem comandar as respostas graças ao trígono de Mercúrio em Touro a Saturno e a Plutão em Capricórnio.