É sábado pelas 9 da noite GMT que uma potente Lua Cheia em Escorpião nos ilumina as áreas de vida onde está na hora de inovar, regenerar, termos outro controlo porque mudamos as bases em que assentámos as necessidade de segurança emocional ou doméstica. Esta Lua Cheia – regida por por Marte em Caranguejo e Plutão em Capricórnio oposta ao Sol em Touro, regido por Vénus que está também em Touro conjunta a Urano –  exacerba a polaridade entre estabilidade e regeneração, defesa do que nos é querido e transformação das estruturas de que estamos dependentes ou sobre as quais temos responsabilidades, sendo a área da casa a mais saliente. Vénus conjunta a Urano exige inovação, novos valores, deitar fora o que já não interessa ou tem valor de futuro e a entrega a algo de diferente que não deixe de nos dar satisfação e rentabilidade, em particular em casa ou em família, pelo sextil que fazem a Marte em Caranguejo- que a Lua rege.

Assim, o esforço principal de sábado é o do uso do sentido prático e da lógica em vez do impulso nas decisões do que devemos descartar e do que devemos salvaguardar. No domingo, com a Lua já em Sagitário, em trígono a Quiron em Carneiro, sentimos a alegria de ter ultrapassado mais uma etapa e o optimismo que vem de sabermos que  estamos a fazer o que há muito devíamos ter feito.  Quando o Sol entrar em Gémeos para a semana, dia 21, haverá mais pesquisa e negociação mas até lá e depois da Lua Cheia do fim-de-semana falta apenas consolidar o que nestes dias está a ser transformado.