Desde finais de Abril  que temos estado a aprender lições e a completar tarefas de fundo nas áreas da casa, família, trabalho ou organização de vida, conscientes de que é preciso adoptar medidas e fazer reformas que garantam uma nova estabilidade emocional. O que não estava bem revelou-se e tem sido necessário resolver. Nesta semana, a partir de quarta-feira, Saturno que tem estado retrogrado desde 29 de Abril, entra finalmente directo, em Capricórnio, em oposição ao Nódulo Norte, pela terceira e última vez desde então – as outras duas vezes foram a  20 de Maio e a 23 de Junho.  Isto simboliza que estamos prontos a passar a uma nova fase de responsabilidades porque em princípio resolvemos todos os problemas pendentes, reorganizamos a vida em casa, no trabalho ou nas estruturas em que estamos inseridos e podemos agora seguir em diante, aliviados  de velhos problemas e na expectativa de uma verdadeira revolução quando Saturno se encontrar com Plutão em Janeiro próximo. É na casa onde estiver Capricórnio no horóscopo natal que este novo arranque se vai manifestar e é aí que devemos concentrar a partir desta semana o nosso empenho em organizar bases de futuro. Nesta segunda feira, com a Lua em Carneiro em sextil a Saturno e Plutão e quadrada a Júpiter temos várias oportunidades de ter iniciativas relevantes para pormos de pé o novo ciclo de organização, com a ajuda do Sol e Marte em Virgem em trígono a Saturno e Plutão em Capricórnio: é com determinação que atendemos aos detalhes que ainda faltam resolver neste processo de transformação da ordem de base. Vénus e Mercúrio em Balança em oposição a Quíron em Carneiro mostram-nos a importância do diálogo no caminho para nos integramos no mundo de uma forma mais satisfatória.