A tendência é para tentar chamar a atenção nas relações, mostrar do que somos capazes e fazer a diferença. A dificuldade é em sermos apreciados emocionalmente e entendidos verbalmente apesar da profundidade do diálogo. É a Lua em Leão em sextil ao Sol em Balança que nos leva a ser o palco das atenções nos relacionamentos ou contractos, puxando pelos galões e procurando afirmar valores novos pelo sextil da Lua a Urano em Touro.  Mas Vénus e Mercúrio também em Balança estão quadrados respectivamente a Saturno e a Plutão em Capricórnio o que esfria as respostas sentimentais e dificulta ou traz conflitos nas discussões, como se houvesse um muro de regras, limites e forças maiores que impedissem a expressão dos afectos e da lógica. Outro problema é o quincúncio de Mercúrio a Neptuno em Peixes que baralha os dados, confunde o entendimento e tinge de fantasia muito do que queremos dizer e tudo isto se complica com a quadratura de Mercúrio a Júpiter em Sagitário que torna tudo ainda mais especulativo. Mas se estes são os perigos, podem também ser vias de solução desde que apanhemos a boleia do sextil de Saturno e Plutão a Neptuno e com um foco tremendo demos forma ao sonho, dialogando e estabelecendo relações equilibradas, vendo o potencial máximo e os limites mínimos e navegando construtivamente e em diálogo no processo.