Estamos agora sob os raios do Sol em Escorpião ao qual se vai unir a Lua na próxima segunda feira e onde já se encontram Vénus e Mercúrio. Sentimos provavelmente o intensificar das emoções, a passionalidade da comunicação, a sensação de que tudo é questão de vida ou de morte e que nada pode ficar como tem estado, nem sequer as avarias de equipamentos que temos ignorado. Na agenda está ir ao fundo das questões e de nós próprios, restaurar inovando o que estiver nas nossas mãos e abrirmo-nos a valores até aqui neglicenciados porque  se trata de renascer e de nos libertamos de velhos podres, padrões, dependências, obsessões, em prol de nova maneira de valorizar afectos e haveres, com o Sol desde já oposto a Urano em Touro e exacto na Lua Nova.  Como os regentes de Escorpião Marte e Plutão estão respectivamente em Balança e em Capricórnio, torna-se claro que é mesmo no refazer de relações e da ordem em que estamos inseridos que temos de aplicar a nossa sabedoria e pragmatismo para não correr o risco de exageros nefastos. Somos ajudados hoje nesse sentido prático pelo trígono da Lua em Vénus a Urano em Touro e horas depois a Saturno em Capricórnio. Assim, através da dedicação e serviço, damos sentido e pomos ordem no mar de desafios e metamorfoses que estamos a ter de encarar.  Encontrar estabilidade emocional, re-arrumar a casa, dar novo alento à família, novo rumo às tradições e alimentar o que é nosso ou nacional são alguns dos sentidos a dar às transformações profundas em curso, com o Nódulo Norte em Caranguejo em  sextil à Lua em Virgem e em oposição ainda a Saturno em Capricórnio. Quando mais e melhor fizermos hoje, com mais atenção à possibilidade de inovar, ao detalhe, ao calendário e impactos a longo prazo, melhor aproveitamos os Céus do dia.

 

j