Não podiam ser mais auspiciosos os Céus para esta Lua Nova de Sagitário em que a promessa de um futuro novo não se fica pelo imaginário mas vem acompanhada do empenho em o concretizar e da possibilidade de conseguir – já no início de 2020 -as grandes transformações estruturais a que aspiramos.

Hoje o Sol e a Lua juntam-se nos 4 graus de Sagitário, em quincúncio a Urano em Touro e emsemi-sextil a Marte em Escorpião, num guião que permite, se nos libertarmos de amarras antigas, agir com determinação, indo ao fundo das questões e, com Vénus a entrar em Capricórnio- dedicarmo-nos com ambição e empenho a organizar a vida para conseguirmos em Janeiro de 2020 estar noutro patamar estrutural quando Saturno e Plutão fizerem conjunção em Capricórnio. O outro sinal da relevância desta Lua Nova para o futuro é o facto de Júpiter, regente do Sagitário estar nos últimos graus deste signo, ainda conjunto a Venus e trígono a Urano, apesar de fora de signo o que representa uma enorme abertura de horizontes, a inovação criativa a que no arranque de Dezembro podemos começar a dar forma quando Júpiter entrar em Capricórnio.  Nesta Lua Nova há que dar asas ao futuro, à verdade que nos move e formatar o que queremos atingir em 2020. Sem esforço…

Apoie este site em:https://www.patreon.com/join/rositaiguana?