Segunda, 6/1/20- Foco no que se pode concretizar

Não pensar demasiado se gostam ou não de nós, não ficar apenas fixado no valor ou apreço que julgamos e desejamos merecer é o grande desafio deste dia em que o melhor é focarmo-nos no que há para fazer de concreto independentemente dos afectos envolvidos.

Estamos numa semana de mudanças fulcrais na ordem das coisas, em casa, no trabalho, na política e hoje, com a Lua em Touro em trígono a Saturno e Plutão temos a última hipótese de fazer preparativos diligentes e concretos com resultados palpáveis, antes dos aspectos astrais que de 10 a 12 de Janeiro assinalam o fim de muitos processos e o arranque de novos ciclos que individualmente se reflectem na casa do horóscopo de cada um de nós onde estiverem os 22 graus de Capricórnio. Em termos colectivos, os aspectos da semana assinalam o fim do ciclo de Saturno/Plutão em Balança que começou em 1982/1983 com acontecimentos climatéricos como o surgimento do El Nino e conflitos como a guerra do Líbano  e mudanças estratégicas por parte do Irão no conflito no Iraque.  A conjunção exacta dos dois planetas dá-se esta semana em Capricórnio e é na ordem estabelecida que devemos esperar verdadeiras revoluções cujo impacto se fará sentir ao longo do ciclo de cerca de 35 anos que agora se inicia.

São os aspectos da Lua hoje a Saturno e Plutão que nos permitem concretizar preparativos de mudança, desde que não demos muita atenção ás questões de satisfação emocional/social levantadas pela quadratura da Lua a Vénus em Aquário.  A irritabilidade também está exacerbada toda a semana com a possibilidade de atitudes ou acções explosivas dado o quincúncio de Marte em Sagitário a Urano em Touro. pela madrugada de amanhã a Lua entra em Gémeos e torna-se ainda mais difícil de manter a calma quando fizer oposição a Marte, um conflito entre a compreensão de várias opções possíveis e a vontade de seguir apenas um só caminho. Podemos no entanto continua a sonhar que estamos perante oportunidades de construir um mundo ideal. O problema está em que o mundo ideal de uns não é o mundo ideal de outros e o tempo não encoraja o equibrio das relações…

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: