Energia para a Semana 13-20/9/20-III A IMPERATRIZ

Por Clara Days :

Palavras-chave:  fisicalidade; fertilidade; compaixão; forças da vida.
Sejamos Terra, corpo, sentidos. Descompliquemos, demos descanso ao pensamento focado. Deixemos a vida acontecer em nós, naturalmente, sem artifícios nem intenções elaboradas.
O corpo é a nossa morada, mas não uma concha vazia que o espírito usa. Somos o

nosso corpo, antes de tudo: com os sentidos e as sensações, com o instinto e o comportamento natural que nos foram legados pela evolução biológica. Temos o dever de o cuidar, temos também a bênção de o podermos viver com naturalidade…
E, no entanto, estando em sintonia com o corpo, a Imperatriz não vive para si, mas para cuidar. A sua ligação ao mundo é mais funda, está conectada com vida e com tudo o que vive. Cuida de humanos e de animais, de plantas também, em harmonia com o dia e a noite, em sintonia com os ciclos e as estações do ano. É uma cuidadora zelosa e desvelada, que intui as necessidades alheias, com uma dedicação sem limites e sem cobranças, pois vem do seu modo de ser e de estar.
Cuidemos nós também, sejamos mais como ela: de nós, dos outros, da natureza que nos envolve. Acertemos o nosso tempo interior com o tempo exterior, nesta semana de Lua Nova, que nos prepara para um Equinócio, esse dia especial da viagem anual da Terra. Entremos em sintonia com o natural que acontece e que é a base de tudo, a nossa verdadeira casa comum.
Desfrutemos, também. Sintamos o vento na pele, a água no corpo; oiçamos o marulhar das marés, o canto dos pássaros; deixemos que raios de sol lambam a nossa pele, contemplemos as estrelas, agora que Lua quase apaga a sua luz. Saboreemos a doçura de um fruto, o amargo de um legume, a textura de um cozinhado. Cheiremos o aroma de uma flor, o corpo de uma criança, ou de uma pessoa amada. Demo-nos todos os dias momentos de estar assim, em paz, apenas sentindo.
O corpo é a nossa morada, a natureza a nossa Mãe, vivamos para nós e para os outros, no sentido mais lato desta expressão. Deixemos que a intuição nos guie, deixemos a vida acontecer em nós, naturalmente.
É tempo de ser, não tanto de fazer acontecer; o nosso “ser” pode ser sábio, quando lhe damos espaço e tempo…
Imagem : Tarot The Complete Kit, de Dennis Fairchild, 2002

Clara Days

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: