Abrir os olhos na escuridão

Neste hemisfério norte, vivemos, esta semana, a maior escuridão do ano. Não só no Solstício de Inverno, na quarta feira 21 temos o dia mais curto do ano, com o Sol no seu ponto mais baixo na linha do horizonte como, na sexta feira 23, a Lua se une ao Sol recém entrado em Capricórnio, numa Lua Nova que obscurece ainda mais a noite. Chegamos ao extremo do escuro. Daqui para a frente, o Sol começa a subir, os dias serão maiores e a Lua crescerá para a próxima Lua Cheia, a Lua do Lobo, a 6 de Janeiro de 2023, no signo do Caranguejo.

É nesta escuridão que temos de abrir os olhos para nos orientar para os novo começos dos dias que crescem, da mudança de estação, dos trânsitos planetários que, esses sim, por volta do Equinócio de Primavera de 2023 nos vão colocar noutro patamar de realização ou preocupações com Marte a entrar em Caranguejo, Saturno a entrar em Peixes e Plutão a entrar em Aquário. No escuro, não vemos mas podemos reflectir e nas Luas Novas não colhemos mas semeamos o que recolhemos nas Luas Cheias, em ciclos emocionais de 28 dias, dominós de respostas aos desafios que os restantes planetas vão colocando.

Assim, esta semana é particularmente relevante para o futuro próximo: não pelo que fazemos de concreto mas pela forma como nos estaremos a colocar para 2023, não só porque já falta pouco mas porque essas mudanças energéticas de Marte, Saturno e Plutão, da estação seguinte, quando o Sol entrar em Carneiro no Equinócio, assim o exigem. Deste Solstício, até lá, entendemos gradualmente, com o Sol em trânsito pelo Capricórnio, por Aquário e por Peixes, a nossa responsabilidade pessoal, a nossa responsabilidade social e a nossa responsabilidade espiritual. Aprendidas as lições será então tempo de agir depois do ingresso do Sol em Carneiro na defesa do que nos é caro, com Marte em Caranguejo sem dúvidas sobre o que de pessoal, tradicional ou nacional exige preservação. Mas isso é só na Primavera. Resumindo, para já, estamos a entrar no Inverno e a integrar, em particular na escuridão desta semana, como sair do ciclo actual, semeando o que só verá a luz, com novas responsabilidades pessoais e força colectiva em Março.

Para além do Equinócio e da Lua Nova esta semana tem também de relevante o re-ingresso de Júpiter em Carneiro, em quadratura ao Sol, num grande teste à nossa capacidade de moderação, controlo de orgulho, ego ou excessos de confiança. É preciso recordar Maio, Junho e Julho deste ano, em particular o final de Maio em que Júpiter e Marte estiveram juntos em Carneiro . O que é que, a todo o gaz, nos dispusemos a fazer mas que acabou por não resultar completamente? É na casa do nosso horóscopo onde se encontra o Carneiro que encontramos a memória desse tempo de expansão entre Maio e Julho, quando Júpiter entrou retrógrado. Nesta terça feira dia 20 de Dezembro Júpiter volta a Carneiro o que nos dá a força para os tais preparativos para a Primavera mas com uma enorme chamada de atenção ao espírito com que os estamos a fazer. De facto, por o ingresso acontecer em quadratura ao Sol em Capricórnio, a chave do sucesso está no desenvolvendo dos alicerces, da estrutura do que queremos vir a desenvolver e não no topo a que podemos chegar caso as fundações agora em construção sejam sólidas. O trígono de Vénus em Capricórnio toda a semana, a Urano em Touro dá-nos também a entender que há que inovar e procurar soluções diferentes para o que está encravado ou por construir. No final da semana Quíron entra directo e a atitude perante as feridas da vida ou das dificuldades em agir muda também de tom. Porque a mudança de direcção ocorre em quadratura a Vénus e sextil a Marte, será porque seremos capazes de usar as palavras certas que curamos a dor de reconhecimento. Será pela expressão inteligente de muitas coisas que estavam por dizer que curamos a nós próprios de feridas de abandono, falta de estrutura etc. Onde tivermos Touro e Balança na nossa carta astral pode dar mais indicações sobre as áreas de vida onde mais vamos sentir este re-acender e resolução de falta de auto-estima ou problemas de relacionamento.

Cuidado com as discussões de princípio na quinta de manhã com Marte em Gémeos em oposição à Lua em Sagitário mas Boas Festas sábado e domingo 24 e 25, em família e em sociedade, com Marte em trígono à Lua Aquário.

Uma boa semana!

R.I

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers gostam disto: