Terça, 8/11- Vontades desajustadas, poderes contestados

O que na noite de segunda feira e madrugada de hoje podia parecer uma boa ideia, (com a Lua em Carneiro trígono ao Nódulo Lunar Norte em Sagitário), apoiada pela conjunção de Mercúrio e Vénus (também em Sagitário),  a permitir verbalizar e partilhar esses ideiais, rapidamente encontra obstáculos maiores, com a oposição da Lua a Saturno em Balança, a partir da hora do almoço.  O embate é tal que podemos até deprimir um bocadinho ou, no mínimo sentirmos a opressão do poder alheio a abater-se sobre a nossa espontaneidade ou iniciativas individuais que não tenham em conta o justo equilíbrio das relações

Não desistimos e continuamos empenhados em avançar na resolução da crise em curso, uma vez mais aguçada, ontem, pelo toque da Lua a Urano e a Plutão.  Mercúrio e Vénus conjuntos até dia 17, avançando um grau cada dia, estimulam esse objectivo de futuro através do diálogo e desejo de relações iluminadas por ideiais progressistas. Mas também Marte em Leão continua em quadratura a Neptuno em Aquário diluindo a nossa capacidade de acção em gestos desajustados, mal formulados ou que também não tenham em conta a realidade social.

Nos céus da União Europeia, os trânsitos do dia põe grande pressão sobre o Euro (com a Lua em trânsito na VII em oposição a Marte na I e em quadrado a Vénus na IV). No horóscopo dos países do Tratato de Roma, também há abalos à solidez das relações, estando a Itália no extremo das tensões. Mercúrio e Vénus fazem trígono a Mercúrio natal o que favorece negociações intensas com vista a salvaguardar os acordos existentes e o equilibrio das relações, apesar da tensão de ruptura crescente. Mas uma semiquadratura a Saturno limita, constrange e deprime as boas ideias e intensões.  A tensão política criada pela Grécia também está exacerbada pela oposição da Lua a Plutão no seu horóscopo de adesão, ilustrando a pulsão e limites de transformação das dependências financeiras em relação aos parceiros,  seu  impacto e contestação da opinião pública.

No horóscopo do Governo de Passos Coelho, o dia é marcado por um sextil de Urano a Marte que anuncia o início de acções de contestação dos trabalhadores em geral e dos parceiros sociais. Assinala igualmente  a necessidade de concentração das atenções políticas nos negócios estrangeiros e parceiros internacionais. A conjunção de Vénus e Mercúrio (na IV em quadrado a Lua na VII) denuncia a falta de apreço popular pelo que tem vindo a ser comunicado e dificuldades de avaliação e diálogo sobre as posições em que o Governo e as forças sociais e opinião pública se confrontam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: