Continuamos num crescendo de intensidade emocional que exige cabeça fria e controlo da situação. Conflitos de interesse, desejo de alterações radicais, mudanças estruturais em casa, nas relações, na ordem e acordos existentes preparam, este domingo, o que o princípio da semana promete. Como usamos ou não o poder e a vontade é a grande questão.
A Lua, hoje em Balança, onde nos faz aspirar ao equilíbrio das relações, paz e acordos é fortemente abalada por uma conjunção a Marte, quadratura a Plutão em Capricórnio e oposição a Urano em Carneiro que nos leva a pôr em causa a estabilidade pré-existente. Respondemos com o coração ardente devido a Vénus em Escorpião, com acções que pretendemos incontornáveis, com base nos princípios que acreditamos devemos seguir- isto porque o Sol em Sagitário faz sextil a Marte em Balança e semi-sextil a Plutão. Com Saturno em paralelo a Plutão e quadrado a Neptuno em Peixes, é pesado o ambiente em que temos de nos afirmar. Só um grande domínio dos impulsos e o objetivo, de sem fantasias, fazer mudanças profundas -mesmo que difíceis- que a todos beneficiem pode levar-nos, semana fora, a ultrapassar os efeitos colaterais das zangas que pode haver no ar. A grande exigência tem de começar por ser pessoal na busca de melhor servir os propósitos que nos propomos levar por diante e as questões de  serviço a que há que atender, com Mercúrio em Sagitário em quadratura a Júpiter e Nódulo Norte em Virgem.

A tela é do norte-americano Norman Rockwell

astro_w2gw_28_carta_do_dia.66465.6490

norman2b

Anúncios