Continua tenso o arranque do ano, com encontros e separações, um grande  esforço de equilíbrio de paz e amor  mas muitos curto-circuitos a impedir suavidade nas operações e as ilusões que não há limites à tolerância. Estamos aliás a aproximarmo-nos de uma semana que se avizinha particularmente difícil para tudo o que não seja progresso voluntário. Para encarar esses dias que se avizinham, este fim-de-semana é crucial na preparação emocional e do terreno.

Hoje e até amanhã à noite , a Lua está em Balança e activa a quadratura de Urano a Plutão o que nos vai fazer ter que escolher lados, pensar em mudar regras e sentir na pele as dificuldades de ser justo na avaliação das circunstâncias,  quando nos sentimos ou somos mesmo ameaçados.  Sonhamos com paz e amor, desejamos que seja esta a única verdade que pode abrir todas as portas, graças a Vénus, regente da Lua em Balança estar em Sagitário em quadratura a Neptuno. Mas é fantasia que tem de ser adequada à realidade e para isso Vénus avança em direcção a uma conjunção a Saturno também durante toda a próxima semana.

Abanados na estabilidade das relações pelos aspectos da Lua, confrontados com a realidade, pelos aspectos de Vénus, obrigados a atender a todos os detalhes com Júpiter e Nódulo Norte em Virgem,  em discussão sobre a visão das coisas com a quadratura de Mercúrio a Marte, podemos mesmo desmoralizar com a quadratura de Saturno a Neptuno e ao Quíron. Mas há outra hipótese que é a de assumir responsabilidades no inevitável e acelerado processo de transformação interior e exterior em curso.  Para isso, os aspectos da Lua servem para escolhermos as parcerias ou tipo de acordos que queremos para o futuro, os aspectos de Vénus são bons para afinar como ir mais longe e de uma forma mais realista no que valorizamos e queremos desenvolver e os aspectos de Mercúrio e Marte são o teste da adequação dos nossos propósitos quando os apresentamos aos outros, enquanto Júpiter e o Nódulo nos dão a energia para dar tudo por tudo para ser eficientes e úteis.

No domingo à noite, Marte sai da Balança e entra em Escorpião e também a Lua entra em Escorpião. O Sol está já quase exactamente conjunto a Plutão em Capricórnio. Temos de estar prontos para ir à luta e mudar o que tem de ser mudado na forma como organizamos a vida, a sociedade, as estruturas em que estamos inseridos, as interdependências, dívidas e encargos cujo sistema não podemos continuar a suportar. Vai ser essa a abordagem necessária para a primeira semana do ano.

astro_w2gw_28_carta_do_dia.78577.25074

ominous_clouds_thunder_storm_approaching_of_hd-wallpaper-1164724

Anúncios