Responsabilidades, disciplina, ordem, planear o futuro, lançar alicerces são as palavras chave do ingresso do Sol em Capricórnio, neste solstício de Dezembro em que Saturno, regente de Capricórnio, transita Sagitário, hoje em sextil  a Júpiter em Balança e trígono a Urano em Carneiro, indicação de que temos de organizar conscientemente as coisas para vir a obter resultados com base em ideias bem definidas e o apoio de quem estiver do nosso lado. Nada vai dar já fruto. Tal como nas estações, vai ser preciso esperar pela Primavera e, daqui até ao fim do mês de Dezembro e  Lua Nova  dia 27, é tempo de semear intenções fundamentadas. Há riscos. Há o risco de rigidez e excessivo desejo de controlo que é o lado sombra do Capricórnio, há o risco de fundamentalismos ideológicos e mesmo violências com Marte em Peixes conjunto ao Nódulo Sul e a Neptuno a estimular velhos condicionamentos que reagem à quadratura de Saturno a Quíron que acorda as carências emocionais ou de pertença, há o risco de conflitos e litigações sobre o que é nosso e dos outros com Júpiter em quadratura a Plutão. Por isso,  a chave está na avaliação honesta do que nos deve mover.  Mercúrio retrógrado em Capricórnio, movimento que iniciou a 1 grau de fazer conjunção a Plutão, é  o que nos vai ajudar a rever posições, analisar como nos posicionamos na ordem das coisas, familiar, profissional, em sociedade e como fazer para o que somos, quem somos, se reflicta nessas estruturas a que pertencemos. E neste esforço vamos passar todo o mês de Janeiro, começando desde hoje a fazer planos para o novo ano.astro_w2gw_28_carta_do_dia-49098-27685

Anúncios