Não é fácil tentar ser pragmático, concreto, organizado neste arranque de ano que exige pelo contrário um grande esforço de ordem e definição de prioridades. A Lua está em Peixes conjunta a Neptuno e depois a Marte, opondo-se ao Nódulo Norte em Virgem e o mais provável é sonharmos com o que gostariamos que acontecesse em vez de deitar maõs à obra para o fazer. No entanto, Mercúrio retrógrado no primeiro grau de Capricórnio, em vésperas de voltar a Sagitário lembra-nos que para bem ordenarmos temos primeiro de repensar os conceitos e entrar em diálogos equilibrados, o que tem o apoio de Saturno em Sagitário em trígono a Urano em Carneiro e em sextil a Júpiter em Balança. Não estamos satisfeitos com o que sentimos serem carências, falhas, inquietações no bem estar geral e por muito vagas que sejam essas sensações com Quíron em Peixes quadrado a Saturno em Sagitário e por muito difícil que seja perceber por onde começar a lidar o problema, com Marte em Peixes conjunto a Neptuno, o facto é que o Sol em Capricórnio avança para uma conjunção a Plutão e uma quadratura a Urano e quer dominemos o processo quer venhamos a ser vítimas das circunstâncias o facto é que a ordem e sentido de partilha em casa, no trabalho, nas estruturas em que estamos inseridos vai ter de levar uma revira-volta no final nos próximos 5 dias e quanto mais consciente e flexíveis melhores resultados. Em resumo, o ano começa com boas intenções difíceis de estruturar mas isso vai mesmo ter de ser feito com base em relações re-equilibradas cujo teor temos de reformular com uma abordagem pragmática e acção eficaz.

astro_w2gw_28_carta_do_dia-70123-9033

Anúncios