Pode não ser fácil mas é preciso pôr as emoções para trás e aceitar que há que fazer diferente, bem pensado, a longo prazo, sem esperar gratificação imediata mas com a capacidade de dar tudo por tudo. Numa nota mais positiva é um dia bom para mudar de emprego, de sistema, de organização, de casa, de rotinas estruturantes, aceitar os custos envolvidos e dar graças pelos apoios encontrados. É a Lua em Capricórnio que ambiciona a uma ordem melhor e que, conjunta a Plutão, encontra a energia para tudo mudar, em quadratura a Urano em Carneiro mais facilmente dá  passos inovadores ou independentes. Este, em trígono a Saturno em Sagitário mostra que a acção tem um ideia subjacente mas a quadratura de Saturno a Quíron, Vénus e Marte em Peixes mostra as carências, limites, custos e responsabilidades que as iniciativas arrastam, apoiadas no entanto por leis e parceiros anunciados pelo sextil de Saturno a Júpiter em . Tudo isto vésperas da Lua Nova de Aquário, quincúncio ao Nódulo Norte, em que temos que, custe o que custar, ter uma atitude pragmática para nos recolocarmos na ordem geral das coisas.

Tela de René Magritte

astro_w2gw_28_carta_do_dia-76739-18219

Anúncios