Na madrugada de sexta para sábado, pelas 00h44m GMT, dá-se um eclipse penumbral da Lua em Leão oposta ao Sol em Aquário, uma Lua Cheia,  chamada Lua de Neve porque neste grau, nesta altura do ano costuma trazer grandes nevões, – nos sítios onde pode nevar…-  em noite de passagem do Cometa 45P ou Cometa Honda-Mrkos-Pajdusakova – os cientistas que o avistaram pela primeira vez a 3 de Dezembro de 1948.  Este eclipse é o primeiro de uma série de 8 que até Janeiro de 2019 vão alterar o escurecimento da Lua e do Sol, nas constelações de Aquário e Leão. O eclipse da Lua de hoje é no grau 22 de Leão, os próximos neste eixo – porque ainda temos o último eclipse da série em Peixes- Virgem no próximo dia 26- serão em Agosto, um parcial da Lua no dia 7, a 15 graus de Aquário e um total do Sol a 28 graus de Leão no dia  21. Seguem-se em 2018, a 31 de Janeiro, um total da Lua a 11 graus, no dia 15 de Fevereiro um parcial do Sol a 27 graus de Aquário, um total da Lua a 4 graus de Aquário a 27 de Julho, a 11 de Agosto de 2018, um parcial do Sol a 18 graus de Leão e o último a 21 de Janeiro de 2019, a 0 graus de Leão

Os eclipses funcionam como semáforos que abrem e fecham caminhos, põem fim e marcam inícios de relações, situações, escolhas cujo impacto se vai desenrolando ao longo dos meses que lhes sucedem e que afectam em particular quem tiver o seu aniversário ou planetas pessoais nos graus de passagem do eclipse. No eixo Leão/ Aquário a dinâmica pede que se procure um equilíbrio entre o individualismo e o o colectivo, como participamos, o que temos para dar aos grupos onde nos inserimos, ao mundo. Egocentrismo, narcisismo, nacionalismos, orgulhos são o lado sombra do Leão em oposição à sua luz da energia criativa.  Um eclipse em Leão  mostra-nos o que pode estar  fechado à partilha com o mundo de Aquário que se lhe opõe e  que idealmente representa a liberdade e a inovação mas cuja sombra também não reconhece os contributos individuais. Este eclipse tem trígonos da Lua a Urano e a Saturno que estão em sextil ao Sol. Dá-nos de facto a oportunidade de tomar iniciativas com ideias claras para nos recolocarmos na ordem geral das coisas. Podemos olhar para o mundo e escolher as sombras que queremos afastar, a começar pelas nossas próprias….

Imagem: O Cometa 45P , ontem, NASA

astro_w2gw_28_carta_do_dia-58041-5684

Anúncios