É um arranque lento e pode ter imprevistos mas as mudanças de fundo na organização de vida começam a acontecer a partir de hoje e serão quanto mais fáceis quanto formos capazes de rever projectos e ambições porque nem sempre o que queremos da vida é o que ela nos oferece… Tudo o que estava desde Abril em preparação, revisão, compasso de espera na área dos poderes partilhados, estrutura profissional, organização financeira, controlo das coisas, – quando Plutão entrou retrógrado- vai agora começar novamente a mexer com Plutão a partir de hoje em moção directa e com uma conjunção à Lua e trígono a Marte em Virgem- óptimo aspecto para conquistarmos poderes, fazermos acontecer, transformarmos a ordem das coisas, através de acção cuidada mas determinada, com o olhar crítico e algum desapego que Mercúrio e Vénus em Virgem permitem. Como o Sol está em Balança, assim como Júpiter, procuramos no fundo tomar conta dos assuntos sem deixar de ter relações equilibradas e chegar a uma maior audiência mas como Júpiter está oposto a Urano em Carneiro – e tem estado nestes últimos tempos – a tendência é para oscilarmos entre seguirmos em frente sem olhar para o impacto ou procurar consensos. A única maneira de resolver a polaridade é apoiarmo-nos nos bons aspectos de ambos a Saturno em Sagitário e agir apenas com base em projectos a longo prazo, de ideias claras com regras bem definidas. Um  trígono de Saturno ao Nódulo Norte em Leão dá-nos a abertura para exprimirmos assim do que somos capazes. É tempo de tomar os assuntos em mão.

 

 

Anúncios