Chegamos hoje a um ponto de viragem significativo na ordem das relações, sejam elas amorosas, contratuais, financeiras ou políticas. Desfazer ou fazer acordos está na ordem do dia com o Sol em Balança em quadratura a Plutão em Capricórnio mas apesar da imperiosa necessidade de reformular o equilíbrio das relações, pensamos ainda que são muitas as opções porque a Lua termina a sua passagem por Gémeos antes de entrar em Caranguejo na madrugada de quarta-feira: será então que vamos sentir mais profundamente as mudanças em curso, ansiosos por criar novas raízes já que Júpiter também sai da Balança e entra em Escorpião onde vai ficar um ano forçando a um mergulho no inconsciente, no que de mais profundamente nos move, mesmo os piores sentimentos de raiva, ciúme, desejo de controlo para que, ao reconhecê-los os possamos eliminar sob a grande aura  filosófica de Júpiter. Fazer a guerra para chegar à paz, ir ao fundo das questões para as resolver, abrir horizontes de regeneração a todos os níveis, físico, financeiro, espiritual,  tudo isto é possível com Júpiter em Escorpião porque teremos de olhar com outros olhos como partilhamos e o que partilhamos, com o parceiro, o vizinho ou a humanidade.

Imagem: NASA: Tempestade em Júpiter

Anúncios