Se queremos fazer revoluções tranquilas, este é o fim de semana para, no sábado definirmos o nosso papel e passarmos ao detalhe no domingo, com a Lua em Leão a activar um grande trígono de Fogo com Saturno em Sagitário e Urano em Carneiro, antes de entrar em Virgem.  O Sol, Júpiter em Vénus em Escorpião em trígono a Neptuno em Peixes  simbolizam a inspirada força e paixão de mudar. Assim, podemos aproveitar as energias celestes para, no sábado, com ideias claras, sentido de independência, inovação e pensamento estratégico a longo prazo, apostarmos em mudar o que tem de ser mudado, mesmo que isso implique cortar relações, acordos, contratos, regras ou leis e fazer de novo para gerar novos equilíbrios. Quando a Lua entrar em Virgem no Domingo, com Mercúrio seu regente em Sagitário toda a próxima semana em sextil em Marte, será o tempo de fazer contas, olhar para os detalhes das grandes ideias que nos incitam a abrir horizontes e fazer as transformações profundas na ordem das coisas, numa revolução controlada. É só preciso ir passo a passo.

Fotografia de Viktor-Akhlomov-“To-Lenin”- Moscovo, 1960

Anúncios