Hoje há grandes oportunidades para aprofundar tudo o que intensamente nos move, no amor, no dinheiro, nas questões de poder e de vida ou de morte mas o que aspiramos é que haja ordem, progresso, uma estrutura da qual possamos depender principalmente porque tudo parece estar a ganhar novas formas que ainda não nos dão segurança. Com Júpiter, Vénus e Sol em Escorpião é sobre o que partilhamos que estão focadas todas as nossas atenções e não queremos abrir mão do maior controlo possível.  Com Vénus hoje em sextil a Plutão em Capricórnio, abrem-se portas para fazer transformações de fundo na organização das coisas em que estamos envolvidos, em casa, trabalho, política porque desejamos passionalmente conquistar tudo e todos para partilhar  intimidade, abundância, sem deixar de controlar as situações. Mas Marte e Plutão estão ainda em quadratura e alguém ou algum acordo vai ter que ceder o que abre as portas à necessidade de criar novas estruturas de que estamos carentes com a Lua a entrar em Capricórnio pela tarde. Mas seja pelo que nos falta, seja por motivações criativas, não podemos ficar parados e o sextil de Marte ao Nódulo Norte em Leão ajuda a não perder o sentido de quem somos e do que somos capazes para seguirmos o desígnio pessoal, doa a quem doer.  Amanhã o Sol sai de Escorpião e entra em Sagitário e apesar de ainda estarmos com Vénus e Júpiter intensamente a tratar do que é nosso e dos outros, o foco vai mudar para a verdade que temos de defender, o que queremos aprender e os novos horizontes que se abrem resolvidas as partilhas do corpo, matéria ou alma.

Tela de Tintoretto: “A origem da Via Láctea”, 1590

Anúncios