E num ápice, pela tarde, o desejo de viajar, conhecer, aprender, divulgar, abrir horizontes substitui as preocupações materiais ou concretas dos últimos dias reforçando o sentido de aborrecimento com restrições ou responsabilidades que no entanto não deixam de ter de ser cumpridas. Podemos partir mas é preciso um mapa…

A Lua sai de Touro para Gémeos e Marte sai de Escorpião para o Sagitário onde vai ficar nas próximas sete semanas começando por fazer sextis ao Sol e depois a Vénus em Aquário e no final desse período a Urano em Carneiro, aspectos que prenunciam abertura ao mundo e grandes possibilidades de sucesso em iniciativas de interesse abrangente. Mas para já há que dar os primeiros passos, perspectivando, com curiosidade, a melhor forma de satisfazer o desejo de encontrar eco para as nossas preocupações colectivas,  dados os ângulos da Lua e de Marte ao Sol e Vénus em Aquário. Porque Mercúrio regente de Gémeos onde está pela tarde a Lua, transita o Capricórnio, a inquietação que nos assola passa pela comunicação do que se quer estruturar, pela lógica de poder, pela análise da ordem ou projecto a reformular com base em novas ideias, já que Júpiter e Marte estão em recepção mútua, do Sagitário para o Escorpião. Saturno em Capricórnio agora e nos próximos dois anos, dá-nos como obrigação de fundo sermos pragmáticos, responsáveis e pensarmos a longo prazo, mesmo em dias como os de hoje em que partir sem destino ou não cumprir um dever seria o maior prazer…Sem plano não haverá sucesso.

Anúncios