Este é um fim-de-semana para fazer contactos, ver amigos, ter actividades em grupo, viajar para conhecer gentes e locais e investir em abrir novos horizontes físicos  ou intelectuais. A Lua tanto sábado como domingo está em Gémeos suscitando curiosidades, incitando ao movimento, apelando à comunicação e faz, no sábado, trígono ao Sol e a Vénus em Aquário o que facilita encontrarmos ecos no colectivo que reflictam o nosso vasto leque de interesses. Significa também que será em grupo que nos afirmamos porque é em grupo ou entre amigos que melhor nos sentimos. Mas há tensões que se levantam no sábado entre a necessidade de comunicarmos de forma séria e estruturada o que parece ser incompatível com a liberdade ou ímpeto de pensamento e acção. Ou seja o impulso pode levar-nos onde logicamente não devemos ir , com Mercúrio em Capricórnio em quadratura a Urano em Carneiro, aspecto que pede controlo e paciência e reflexão sobre o impacto a longo prazo de palavras ou gestos pouco pensadas. Marte, regente do Carneiro, acabado de entrar em Sagitário é um grande estímulo à expansão das ideias através da abertura a outras realidades ou conhecimentos mas o que aprendermos tem de ser digerido com a seriedade do Capricórnio e trabalhado com o sentido de responsabilidade saturnino que transita esse mesmo signo. Se conseguirmos no sábado não ser demasiado rígidos nem demasiado impetuosos, no domingo mais facilmente beneficiamos do sextil de Mercúrio em Capricórnio a Quíron em Peixes que nos dá a oportunidade de entender que somos apreciados pelo rigor inteligente e capacidade de resolver problemas ou sarar feridas antigas com um misto de razão e acção.  Em resumo, neste fim-de-semana podemos estar expostos a outras realidade e procuramos diversidade de contactos e informações mas há que ser sério na avaliação do que pode ou não ser feito de forma a resolver problemas e encontrar apoios, satisfação pessoal e enquadramento social.

Anúncios