Apesar do entusiasmo, há que pesar responsabilidades e consequências neste arranque de semana: a Lua em Sagitário em trígono ao Nódulo Norte e a Vénus em Leão leva-nos a pensar que o melhor é possível mas o Sol em Caranguejo em oposição a Saturno em Capricórnio até sexta feira pesa mais e obriga-nos a encarar com pragmatismo a necessidade de rever organização doméstica, dependências e rotinas.  Há um excesso de confiança que pode derivar dos aspectos da Lua e ainda a tendência para o exagero, gula, preguiça, indulgências de toda a natureza, mesmo abusos de poder, com a  quadratura de Vénus a Júpiter em Escorpião, sendo que Júpiter rege a Lua em Sagitário. Mas nada disso tem bons resultados já que há uma oposição do Sol a Saturno como  força maior que nos mostra os limites a respeitar, mesmo que doa pela quadratura do Sol ao Quíron em Carneiro… Marte seu regente está já estacionário e entra retrógrado na quarta-feira o que é mais um indicador que temos de rever o modo afirmativo como nos projectamos: a sua quadratura a Urano em Touro não engana: vamos acabar por nos arrepender se formos atrás dos impulsos …. e não é só hoje…o risco é intenso até meados de Setembro por causa das retrogradações de ambos os planetas…

Anúncios