O esforço de organização de assuntos domésticos, familiares, nacionais é o moto desta semana de Lua Cheia em Capricórnio, conjunta a Saturno, ambos opostos ao Sol em Caranguejo – na madrugada de quinta-feira- e desde já sentimos a pressão, limites, responsabilidades que vão em crescendo até quinta feira e depois, de forma mais suave,  têm de se traduzir em resultados palpáveis até 13 de Julho, data da Lua Nova e eclipse parcial do Sol em Caranguejo. Assim, o que é preciso é acima de tudo sentido prático, sentido de organização a longo prazo e a capacidade de deitar fora velhos valores para abrir espaço à inovação, com ajuda de Urano em Touro, estes dias ainda em sextil ao Sol. Com a Lua hoje ainda em Sagitário em trígono à Vénus em Leão podemos sentir optimismo e achar que damos conta de todos os recados mas atenção: Vénus está em quadratura a Júpiter em Escorpião e as possibilidades de excedermos o correcto ou razoável por excesso de confiança são enormes. Ter mais olhos que barriga aplica-se bem a este aspecto Vénus/Júpiter e as consequências pagam-se caro com o aspecto dos seus regentes, a quadratura de Marte já estacionário a Urano e com a oposição do Sol a Saturno.  Por isso é um dia para darmos atenção séria ao que tem de ser re- estruturado e sem frivolidade deitarmos mãos à obra.

Anúncios