Os Céus de hoje acordam mentes indisciplinadas e reacções compulsivas como se fosse difícil organizar-nos em torno de novos valores, tendo em atenção o que seria bom, ordenadamente, a longo prazo. Depois da Lua Cheia de ontem conjunta a Saturno em Capricórnio, em que todos os limites e responsabilidades estiveram na mesa, a conjunção hoje da Lua a Plutão pode acordar grandes receios e reacções defensivas, compulsivas, de que é dífiil ter ecos positivos como se vê logo que a Lua entrar em Aquário e fizer oposição a Mercúrio recém-chegado a Leão. Ora como Mercúrio em Leão simboliza a comunicação, a lógica, a mente orgulhosa, centrada nos seus próprios interesses, um “eu falo de mim”, com pouca consideração pelos outros e  Mercúrio está em quadratura a Urano em Touro, torna-se quase impossível dar seguimento a opiniões e ao fluxo de possibilidades. O sesquiquadrado de Mercúrio a Neptuno em Peixes aumenta a confusão já que não há ideologia que justifique a lógica usada. Com tanta extroversão mental e emocional a ameaçar propósitos mais sérios, que fazer? Sol em Caranguejo e a Lua seu regente em Capricórnio conjunta a Plutão diz-nos que se queremos ter estabilidade temos de nos organizar de forma diferente. Abraçar a mudança em vez de lhe resistir é meio-caminho andado para dar novo sentido à instabilidade.

Anúncios