Com uma Lua Nova e eclipse esta semana, na madrugada de sexta-feira, há que até lá completar processos, fazer os preparativos, pensar seriamente e organizar na prática o passo que pretendemos depois  de a  Lua apagar parcialmente a visão do Sol em Caranguejo no  próximo dia 13, numa mudança certamente de peso dada a oposição a Plutão em Capricórnio.

Assim, esta segunda-feira temos dois ingressos significativos que corroboram essa necessidade de organização de contas, papéis, projectos práticos, escrita ou investigação: a Lua pela tarde entra em Gémeos e Vénus entra em Virgem na madrugada de terça, ambos regidos por Mercúrio em Leão que nos leva, nessa preparação,  a ter de exprimir a nossa própria visão ou lógica do que queremos que venham a ser novas bases de segurança doméstica, emocional etc,  – dado que o Sol, regente do Leão está em Caranguejo na órbita da oposição a Plutão que ficará exacta no eclipse. Ou seja, para podermos abraçar uma nova fase construtiva depois do eclipse temos de fazer bem contas, verificar detalhes, ser “burocrático” e afirmativo para que tudo bata certo e também no dia do eclipse podermos beneficiar da abertura a esse novos valores com um trígono que desde hoje se desenha entre Vénus em Virgem e Urano em Touro.  Hoje é importante comunicar, exprimir dúvidas e resolve-las com o sentido do futuro que vem do trígono crescente entre Vénus e Saturno em Capricórnio.  Com atenção e paciência, introspecção e planeamento a longo prazo damos hoje passos certos para beneficiar das mudanças profundas que o próximo eclipse anuncia.

Imagem: «The blue-complexioned Kali slaying demons» Miniature, Pahari School, c. 1825/1850

 

Anúncios