A frustração hoje será tanto maior quanto o impulso de acção. Começamos por achar que, se agirmos, resolvemos velhas insatisfações e podemos brilhar como desejamos mas há limites e responsabilidades incontornáveis, que apenas se resolvem se tentarmos uma abordagem diferente. A Lua entra em Carneiro pelo meio dia GMT, faz conjunção a Quíron mas também quadratura a Saturno em Capricórnio, em semi-sextil à Lua, de seguida em trígono ao Nódulo Norte e ao Sol em Leão. Resultado, com Marte, regente do Carneiro, retrógrado em Aquário, oposto ao Nódulo Norte, temos de repensar a marca que queremos deixar no mundo e ajustar ambições de forma a ter um programa de acção realista e responsável de que nos orgulhemos porque é o adequado e não o projectado pelos impulsos. O biquintil do Sol a Saturno reforça esse potencial de saída criativa para impasses que, sem inteligência prática, não só não serão ultrapassados como podem ter consequências abruptas com Marte numa potencialmente violenta quadratura a Urano.

Anúncios