É um fim-de-semana para se olhar em frente, procurar saídas das crises da semana, ter expectativas positivas sobre sucesso daquilo em que tivermos investido, sem medo de afirmar a criatividade ou sentido de identidade, de ir à aventura… com mapa na mão . A Lua vai estar em Sagitário, sábado e domingo, um tempo para apontar a flecha ao futuro,  de viagem física ou mental como motor de conhecimento, busca de verdade e regeneração intelectual já que Júpiter seu regente transita o Escorpião onde se encontram também Vénus e Mercúrio, este em quadratura ao Nódulo Norte em Leão. É este último aspecto que traz também, todo o fim-de-semana, uma tensão entre o passado e o futuro, entre a lógica que nos prende a bens partilhados ou poderes e o caminho individual em que podemos caminhar sem depender de outrém e brilhar por nós próprios. Isto torna-se ainda mais difícil de equilibrar com o Sol em Balança  em quadratura a Plutão em Capricórnio que nos leva, a contra gosto, a abandonar ligações, acordos e a formar outras novas bases de entendimento, sem que saibamos ainda muito bem qual será o seu rumo e resultado. Uma coisa é certa, há que seguir em frente com algum optimismo mas também com forte dose de pragmatismo, apoiados pelos sextis e trígonos de Saturno a Mercúrio, Vénus e Urano. O caminho desejado exige um mapa preciso.

 

Anúncios