A semana começa com um travão aos entusiasmos, às acções impulsivas sem fundamentos reais, à vontade cega ou confusa. Não é hoje possível içar uma bandeira sem que ela represente ideias realmente arrumadas e a consciência clara de que não podemos acreditar nem conquistar tudo o que queremos. A Lua está em Carneiro e naturalmente os instintos acendem-se para irmos atrás dos desejos mas Marte, regente do Carneiro está em Peixes, ainda conjunto em Neptuno e a Lua pela tarde faz quadratura a Plutão em Capricórnio, aspectos que anunciam a dificuldade de fazer valer a vontade, por falta de clareza, para além do confronto com forças maiores que obrigam a re-orientar impulsos e emoções. O Sol em Sagitário a aproximar-se de um trígono a Urano retrógrado antes do solstício na próxima sexta-feira 21 de Dezembro anuncia a possibilidade de pensar e fazer diferente, de encontrar com facilidade terceiras vias para sairmos de impasses. Mas até lá chegarmos vamos testar os limites o que começa já hoje para quem não for “certinho” e passo a passo mudar o que tem de ser mudado com o apoio do sextil de Vénus em Escorpião a Saturno em Capricórnio.