É dificil hoje concentrarmos-nos num só tema a menos que seja para lhe explorarmos todas as opções- com informações e contactos mas os impactos não deixam de ser difíceis de avaliar com a Lua em Gémeos em oposição a Venus e a Jupiter em Sagitário: por um lado o instinto  leva-nos querer uma coisa e o seu oposto, por outro sabemos que só há um caminho de verdade a seguir com Marte em Carneiro em trígono a Vénus a estimular essa determinação mas uma quadratura de Marte a Saturno em Capricórnio a impôr fortes restrições estruturais o que também leva à busca de mais possibilidades pela influencia da Lua em Gémeos. São muitas voltas sem sairmos do sítio mas o exercício é importante para na Lua Cheia e eclipse de dia 21 podermos chegar a conclusões. É na ordem que estamos focados, sabendo e vivendo na pele mudanças de fundo na organização de vida, com rupturas potencias com o passado encorajadas pela quadratura do Sol em Capricórnio a Urano em Carneiro. É um processo em curso cuja próxima encruzilhada virá a 21 quando a Lua em Leão se opuser ao Sol recém entrado em Aquário. Até lá há que procurar soluções que tragam segurança interior e exterior, que garantam emoções, casa, família, tradições, país.