O mais importante hoje é sermos capazes de ir ao fundo das questões de ordem, organização, estrutura, poder, analisar sombras e  possibilidades e estar pronto para romper com lógicas antigas, até à Lua Cheia e eclipse de segunda-feira próxima. Hoje, Mercúrio – que rege a Lua em trânsito em Gémeos – faz conjunção a Plutão em Capricórnio ao mesmo tempo que o Sol está em quadratura a Urano e sextil a Quiron. O que isto indica é que somos movidos – mesmo que de forma intempestiva ou compulsiva – a resolver feridas e carências de compreensão e pertença. Vénus em trígono a Marte, praticamente conjunta a Júpiter em Sagitário e quadrada a Neptuno em Peixes, colora de entusiasmo, sonho e desejo de projectar o futuro todas as iniciativas mas isso não quer dizer que  seja possível levar por diante esses gestos porque Marte em Carneiro está em quadratura Saturno em Capricórnio o que significa claramente a frustração de tudo o que for  fora de regra, mais ainda porque a Lua em Gémeos oposta a Vénus e Júpiter exacerba a tendência para o exagero. Um dia para com um máximo de controlo descobrirmos males a resolver, revelarmos o nosso melhor e procuramos o caminho que nos dê maior segurança.