Começamos a semana a deitar contas à vida, a analisar custos, valores, investimentos e o que deve mudar mas apesar de todo o cálculo ou sentido crítico, estamos divididos entre o sonho e a realidade, com a Lua em Virgem, trígono a Mercúrio em Touro e a aproximar-se de um trígono a Saturno e Plutão em Capricórnio e de uma oposição a Neptuno em Peixes.

De facto, o que está em causa é tudo o que falta fazer e que temos de estudar, interiorizar, planear até, lá para depois do Verão, podermos passar a uma fase seguinte já que agora estamos sob Saturno, Júpiter e Plutão retrógrados e apenas Urano directo em Touro nos vai abrindo  o caminho para a inovação necessária nesse processo de completar o pendente.  Urano, Mercúrio e Sol em Touro, põem durante toda a semana o foco nas questões materiais, dinheiro, bens palpáveis, valores em que apostamos para a nossa estabilidade e cuja base ou estrutura está em processo de mudança profunda com os aspectos do Sol a Saturno e Plutão. O Nódulo Norte em Caranguejo em trigono a Neptuno com a Lua regente do Caranguejo em trânsito em Virgem dá-.nos a possibilidade de tratar dos assuntos domésticos conforme idealizamos, desde que não se perda o sentido prático. Ser conservador neste caminho de mudança é positivo e é para aí que nos  vai encaminhar Marte quando entrar em Caranguejo no final da semana.