Esta é uma das semanas mais importantes do ano já que dá o tom para o que se vier a desenrolar a partir de Janeiro do próximo ano. Os aspectos em curso tocam-nos ou individual ou colectivamente mas seja como for “formatam” mudanças profundas na ordem das nossas vidas, sendo a casa, a família, a nação, o que nos dá segurança emocional ou as estruturas políticas e organizacionais de que dependemos na nossa vida colectiva que estão em vias de grandes transformações.

Na rota do eclipse parcial da Lua pelas 21.30 de terça feira, marco crucial nesse caminho do que está para vir, a Lua está já hoje em Capricórnio a avançar não só para a oposição ao Sol que a vai eclipsar, como também para uma oposição a Vénus e ao Nódulo Norte em Caranguejo em simultâneo com uma conjunção ao Nódulo Sol, Saturno e Plutão em Capricórnio, com o Sol hoje e amanhã em oposição exacta a Plutão.  São estes aspectos do Sol e da Lua que indiciam o que está para vir e o que está a acabar e revelam a necessidade de nos organizarmos de outra maneira, descartando o desnecessário, eliminando material e psicologicamente o que não servirá o futuro e tudo isto de forma a que nos sintamos confortáveis de que estamos no bom caminho.  Estes aspectos do Sol e da Lua aos Nódulos e a Saturno e Plutão são as últimas sinalizações antes do final do ano e do arranque de 2020 em que dois novos eclipses, um a 26 de Dezembro a 4 graus de Capricórnio e outro a 20 graus de Caranguejo, a 10 de Janeiro, marcam o desfecho destes processos, em particular o de Janeiro porque coincide com a conjunção de Saturno a Plutão, em Capricórnio, aspecto fundamental de início de uma nova ordem política, social, estrutural  que a todos afecta.

Assim, esta segunda e terça feira, com o Sol e Lua em posições opostas às que vão ocupar em Janeiro e a fazer aspectos aproximados aos que serão exactos no início de 2020, dão-nos a possibilidade de conscientemente nos prepararmos investindo agora em mudanças que nos dêem segurança e que possam vir a ser a base do que queremos ter como organização futura de vida.